domingo, 10 de junho de 2012

Novos rumos

Bom, voltei. Mudei o nome do blog, como o endereço. Porque razão fiz isso? Sei la, Deu vontade.
Queria dar novos ares em cena, mudar esse aspecto de garota que sempre coloca o nome em tudo.
Mas para começar, não vou ficar me lamentando pela vida ou blá blá blá. Vou apenas postar um poema que expressa meu sentimento hoje, alias, que dia foi hoje. Quero simplesmente tirar da minha mente e fazer de conta de nunca existiu.

Poética

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.


Vinicíus de Moraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário