sábado, 22 de março de 2014

Retorno com classe - David Bowie

Olá Leitores! 

Depois do grande hiato de posts aqui no meu blog, (podem me xingar) pretendo voltar a ter uma certa frequência por aqui. Vou colocar temas variados, e lugares que ando visitando pra realizar matérias de próprios trabalhos e oficinas que venho realizando. 

Admito, é cada lugar que venho descobrindo nessa "Terra da Garoa", que estou começando a gostar dessa coisa de ser jornalista. 
Bem,pra começar essa semana visitei uns dos lugares que eu estava com mais ansiedade de ir: Museu da Imagem e do Som, que atualmente está com a exposição do David Bowie. 
Para quem assim como eu tem só uma breve noção de quem é essa pessoa ilustre, vou dar uma pequena resumida:
Londrino, foi Cantor, Escritor, Produtor, Gênio musical que fez um grande sucesso nos anos 70 e 80, principalmente por usar trajes um tanto quanto diferentes e arrojados. 
Se quiser saber mais, aqui ó: http://pt.wikipedia.org/wiki/David_Bowie

Foto retirada de pesquisa do Google
Agora vamos a exposição: Sem duvida saí surpreendida pelo tanto de coisa que vi lá. Essa roupa ai da foto tem lá e é a primeira que você vê, logo na entrada. Que já começa te impressionar de começo. 

Sem duvidas, um dos grandes atrativos da exposição são os trajes. Todos os possíveis e imagináveis e cada um mais surpreendente que o outro. Acho que o que me chamou mais atenção foi este (foto no link).
É de uma riqueza de detalhes, e formas tão bem definidas que chega a ser impressionante. 
Grande amante do cineasta Stanley Kubrick- que realizou filmes como Laranja Mecânica e 2001: Uma Odisséia no Espaço- então algumas de suas musicas e principalmente roupas foram inspirados em algum dos filmes dele, olha a comparação : Laranja Mecânica e David Bowie.
A exposição também conta com um grande acervo de livros, papéis, cartas e próprios objetos que ele usava em seus shows ou de próprio uso particular.
Mas a grande inovação da exposição, é o sistema de sons. Logo quando você entra no MIS, você recebe um fone de ouvido que você usa por toda a visita. E cada tela ou lugar que existe algum tipo de som, ao se aproximar, o fone capta os sinal e reproduz aquilo que está passando ali. Numa das salas, por exemplo, existe uma espécie de tabuleiro, em que cada quadrado corresponde uma tela na parede, e cada quadrado que você para toca o som da respectiva tela. Resumindo SHOW DE BOLA! 

Bom, se contar mais perde a graça e toda a magia de você ir lá e conferir! 
Nota: Eu não tenho fotos da exposição, porque não podem ser tiradas fotos lá,por conta de direitos de imagem. Gravei para a TV Mackenzie,e assim que estiver pronto e for passar, aviso! 

O Museu da Imagem e do Som, fica na Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo-SP. 
Pra ir lá é bem acessível, qualquer ônibus que passa na Rua Augusta deixa em frente. 
A exposição vai estar até dia 20/04, e pode ser visitada de Terça a Sexta, das 12h às 22h, e Sábados, Domingos e Feriados das 11h às 21h. 
O ingresso custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), sendo que de terça é NA FAIXA! 

Se quiser visitar, vá com tempo, porque as filas estão gigantes, principalmente de terça (óbvio), mas vale a pena! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário